IA e o futuro do trabalho

A IA não é apenas o futuro. É o presente. Agora, que o metaverso chegou, a revolução da IA está acontecendo de forma ainda mais rápida, abrindo inúmeras oportunidades. Como as organizações podem aproveitar ao máximo essas duas tecnologias?

O FUTURO DO TRABALHO | 6 MINUTOS DE LEITURA
O que é inteligência artificial?

O que é inteligência artificial?

Em resumo, IA é a ciência de criar máquinas com habilidades humanas. É um grande avanço rumo ao futuro. Máquinas capazes de planejar, raciocinar, se comunicar e aprender estão melhorando a nossa vida, diminuindo custos e aumentando a eficiência e os lucros. Contudo, muito se fala sobre o potencial de impacto negativo da IA, principalmente no mercado de trabalho, à medida que essa tecnologia assume tarefas de rotina e de baixo nível.

Há diversos campos diferentes da IA. Todos eles têm profunda influência na maneira como trabalhamos agora e como trabalharemos no futuro:

Aprendizado de máquina: esse tipo de IA pode "aprender" com base no reconhecimento de padrões em dados. É revolucionário porque, em vez de ser programado, o software pode analisar os dados que recebe para fazer previsões, criar regras ou fazer recomendações de ações que devem ser realizadas. O aprendizado profundo leva esse processo ainda mais longe, reduzindo ainda mais a participação humana e permitindo o uso de conjuntos de dados maiores. Ele é responsável por alguns dos mais recentes progressos no reconhecimento de discursos e de imagens e no processamento de linguagem natural. Contudo, a qualidade do aprendizado de máquina está diretamente relacionada aos dados inseridos. Por exemplo, se os dados forem tendenciosos, o resultado da IA também será.

Robótica: as organizações estão usando robôs para automatizar tarefas físicas remotamente ou por meio de algoritmos ou sensores. A visão de "braços" robóticos nas linhas de produção já é familiar. Além disso, os robôs são usados de diversas formas hoje, desde auxiliar em cirurgias a inspecionar esgotos.

Processamento de linguagem natural: embora os computadores sejam muito inteligentes, é extremamente difícil para eles entender, gerar e responder à linguagem humana. O processamento de linguagem natural (PLN) está usando o aprendizado de máquina para reparar isso. O PLN tem diversas aplicações, desde tradução, reconhecimento de voz e transcrição à extração de informações de relatórios.

Uma jornada ao escritório infinito

Descubra como e por que o nosso melhor trabalho acontecerá dentro do metaverso.

Qual é a diferença entre IA e automação?

Qual é a diferença entre IA e automação?

IA e automação são termos muitas vezes usados como sinônimo. Contudo, embora tenham o mesmo propósito de assumir tarefas rotineiras repetitivas para ajudar seres humanos, elas não são exatamente a mesma coisa. A automação envolve a programação de máquinas para realizar tarefas. Já a IA se trata de máquinas aprendendo automaticamente ao reconhecer padrões em dados.

Como a IA afetará o futuro do trabalho?

Como a IA afetará o futuro do trabalho?

A IA já está profundamente integrada à vida e ao trabalho diários. Assistentes pessoais a, aparelhos inteligentes, compra online e robôs de fábricas são possíveis devido à IA. De acordo com o relatório sobre o estado da IA da McKinsey, 56% dos entrevistados usam a IA em pelo menos uma função. Esse número sobre para 57% em economias emergentes, incluindo a China, o Oriente Médio e a África do Norte. Esse crescimento deve continuar, com metas de automação e digitalização presentes em 54% das estratégias corporativas de longo prazo das empresas, de acordo com a pesquisa de CEO global da PwC.

A IA deve fazer mais avanços em diversas áreas.

  • O metaverso

    Para jogos, entretenimento e trabalho, as tecnologias de realidade aumentada e realidade virtual estão possibilitando uma internet com a qual você pode interagir. Espaços virtuais compartilhados vão se misturar com o mundo físico, transformando colaboração, comunicação e treinamento.

  • Prevenção de fraude

    Por analisar um grande número de transações, a IA é capaz de identificar tendências de fraude. Desse modo, ela pode bloquear automaticamente transações suspeitas ou sinalizá-las para maior investigação. As pessoas também podem usar a IA em cibersegurança para reconhecer ou bloquear ameaças.

  • Chatbots e assistentes digitais

    À medida que o PLN se desenvolve, os recursos de chatbots também são aprimorados. Dessa forma, esses bots podem se comunicar de forma mais natural com os usuários em vez de simplesmente responder a perguntas de "sim" ou "não". Isso traz melhorias significativas aos serviços de atendimento ao cliente, bem como libera os funcionários para lidar com perguntas mais complexas.

  • IA na saúde

    A Organização Mundial da Saúde estima que até 2030 haverá um déficit global de 18 milhões de trabalhadores no setor de saúde. A IA pode fornecer parte da solução para esse problema ao automatizar tarefas rotineiras, melhorar a produtividade e, sobretudo, dar aos funcionários mais tempo com os pacientes. Os profissionais já estão usando a IA em diversas aplicações de saúde, inclusive no gerenciamento de hospitais, diagnósticos médicos e aplicativos focados em pacientes.

  • IA explicável

    A IA não opera em um vácuo. O fato de que as organizações estão usando essa tecnologia para tomar decisões levanta questões de responsabilidade, transparência, privacidade e imparcialidade. É aí que a IA explicável (XAI) entra. Seu objetivo é garantir que a lógica dos algoritmos seja compreensível para humanos. A XAI também é vital para ajudar na detecção de erros da inteligência artificial.

  • IA no RH

    Além de automatizar tarefas rotineiras, como a folha de pagamentos, a IA também está transformando o processo de recrutamento. Ela pode assumir o longo processo de filtrar perfis. Pode examinar currículos, selecionar candidatos e agendar entrevistas. Isso torna o processo muito mais eficiente, principalmente no começo da jornada de recrutamento, economizando tempo e reduzindo custos. A IA também tem o potencial de melhorar o treinamento. De acordo com uma pesquisa,39% dos líderes planejam usar simulações de IA para contratar e treinar funcionários. Para candidatos a vagas de emprego, a IA pode evitar a perda de tempo ao conectá-los a funções mais adequadas para eles.

Quais trabalhos serão automatizados no futuro?

Quais trabalhos serão automatizados no futuro?

Talvez a maior preocupação em relação à IA é que ela levará à perda de empregos e, portanto, ao desemprego. Mas, na verdade, estima-se que a automação fará com que muito mais vagas de emprego sejam criadas do que perdidas, chegando a 890 milhões até 2030.

Além disso, no caso de muitos trabalhos, a IA não está automatizando todas as funções. Ela está automatizando apenas as tarefas mais rotineiras, como o processamento da folha de pagamentos ou a extração de informações de documentos. Os seres humanos ainda são necessários para fiscalizar o processo e intervir se algo der errado. Portanto, em vez de substituir humanos, a IA trabalhará juntamente com eles. Ela nos ajudará a trabalhar melhor e focar os elementos mais criativos e gratificantes do nosso trabalho. Por exemplo, embora a IA possa ser usada para ajudar a fazer diagnósticos, ainda caberá aos médicos e aos enfermeiros tratar os pacientes.

O que a IA está trazendo com ela é uma demanda cada vez maior de pessoas com habilidades técnicas, como programadores, estatísticos, cientistas de dados e analistas, bem como aquelas com habilidades que envolvem inteligência criativa e emocional. Essas coisas a IA não pode fornecer.

Benefícios da IA no trabalho

Benefícios da IA no trabalho

A IA tem o potencial de produzir grandes ganhos econômicos. Além de maior produtividade, espera-se que esses ganhos venham da demanda do consumidor, pois a IA torna uma variedade maior de produtos mais plausível e acessível. Na realidade, a PwC estima que a IA pode contribuir com US$ 15,7 trilhões à economia global até 2030. Os benefícios da inteligência artificial incluem:

  • Produtividade: sem pessoas e recursos emaranhados em tarefas rotineiras, a produtividade pode disparar. Segundo a PwC, 44% dos líderes de negócios buscam aumentar a produtividade por meio da automação.

  • Eficiência: a IA pode realizar algumas tarefas rotineiras de forma mais rápida e com mais eficiência do que seres humanos. Além disso, diferentemente de funcionários humanos, os serviços impulsionados por IA estão disponíveis 24 horas por dia para monitorar fraudes, responder a perguntas de clientes e verificar candidaturas a vagas de emprego, economizando tempo e recursos.

  • Resolução de problemas complexos: avanços no aprendizado de máquina agora significam que a IA pode ser usada em tarefas mais complexas, como diagnósticos médicos, também liberando recursos e aumentando a produtividade.

  • Inovação: ideias geradas por IA em sessões de brainstorming, interação em espaços virtuais no metaverso e uso da IA na cadeia de suprimentos para entender o que os clientes querem (e depois tomar decisões relevantes quanto ao produto). Com a IA, as organizações podem inovar para obter sucesso.

Como fazer a IA dar certo na sua organização

Como fazer a IA dar certo na sua organização

Encarar a adoção da IA com uma mentalidade aberta vale a pena para as organizações. De acordo com a pesquisa de negócios sobre IA da PwC, as empresas estão obtendo um ROI significativo em virtude de IAs que são usadas em três áreas ao mesmo tempo: transformação de negócios, tomada de decisões e modernização de processos.

Contudo, a ampla adoção da IA em uma empresa significa grandes mudanças na forma como as pessoas trabalham. Sendo assim, como as organizações mostram aos funcionários que a IA é um impulso para mudanças positivas? Que ela pode ajudar as pessoas a trabalhar melhor, assumindo tarefas maçantes e dando a elas uma chance de se concentrar em um trabalho mais criativo que usa as suas habilidades com mais eficácia?

Uma maneira de fazer isso é enfatizar que a IA foi criada para complementar, e não substituir, os trabalhadores humanos. Sobretudo, como as pessoas trabalharão juntamente com a IA, é vital garantir que elas tenham as habilidades técnicas necessárias para tal. Esse processo envolverá a qualificação e a requalificação da força de trabalho, se necessário, para que ela possa aproveitar todas as oportunidades que a IA tem a oferecer.

Tópicos relacionados

Faça uma viagem através do escritório infinito

Faça parte do futuro do trabalho

Cadastre-se para receber as nossas análises mais recentes sobre o futuro do trabalho e do metaverso.

Ao enviar este formulário, você concorda em receber comunicações eletrônicas do Facebook relacionadas a marketing, incluindo notícias, eventos, atualizações e emails promocionais. Você poderá revogar a sua permissão e cancelar a assinatura desses emails a qualquer momento. Você também reconhece que leu e concorda com os termos de Privacidade do Workplace.

Was this article helpful?
Thanks for your feedback

Tópicos relacionados

Faça uma viagem através do escritório infinito


Publicações recentes

O futuro do trabalho | 11 minutos de leitura

O futuro do trabalho

Como é o trabalho no metaverso? O modelo híbrido veio para ficar? Embora não seja possível saber ao certo o que o amanhã reserva, você pode preparar a sua organização para o futuro.

O futuro do trabalho | 12 minutos de leitura

Trabalho híbrido: a nova forma de trabalhar

Quer que os seus funcionários retornem ao escritório ou eles podem continuar trabalhando em casa? Que tal um pouco de cada? O trabalho híbrido pode ser o caminho certo para a sua organização.

O futuro do trabalho | 6 minutos de leitura

Como trabalharemos no metaverso?

Da colaboração em equipe à cultura da empresa, confira cinco maneiras como o metaverso e a realidade virtual transformarão o futuro do trabalho e dos negócios.